O Brasil é a primeira potência econômica da América Latina e a segunda maior fonte de alimentos do mundo

by | Jan 20, 2020 | br

O Brasil tem muitos tipos de solo e diferentes condições climáticas e, portanto, possui uma variedade de culturas aptas para exportação. De acordo com a Organização Mundial de Alimentos (FAO), o Brasil é a segunda maior fonte de alimento do mundo, depois dos Estados Unidos da América, e é um dos países exportadores de produtos manufaturados.

Eis um relatório detalhado sobre os produtos mais conhecidos do Brasil:

Os produtos mais conhecidos do Brasil

O Brasil produz muitas commodities agrícolas importantes, como café e cana-de-açúcar, além de produtos florestais como celulose e madeira bruta. Também produz bens de muita utilidade para as pessoas como carros, máquinas e têxteis. As commodities agrícolas representam cerca de 6% de toda a produção doméstica brasileira. Os bens manufaturados constituem aproximadamente 25% desse total. O Brasil é também o quinto maior país do mundo em área geográfica. A região sul do país é uma região de solo fértil propicio para o plantio de varias culturas como cereais, cana-de-açúcar e oleaginosas. Quanto às regiões norte e central predominam a pecuária (ovinos e gado) e o plantio de soja, que é um dos principais produtos de exportação do Brasil. Já na região nordeste do país predomina a produção do cacau e das frutas tropicais. Entre as árvores mais importantes que encontramos nas florestas naturais do Brasil estão os pinheiros e eucaliptos, que são processados e transformados em vários produtos diferentes, como madeira, papel, pisos e móveis.
O Brasil possui um setor industrial diversificado composto de automóveis, eletroeletrônicos, cimento, materiais de construção, equipamentos de transporte, artigos de couro e têxteis. A extração do petróleo e a mineração são componentes essenciais da economia brasileira ao lado do minério de ferro, alumínio e estanho.

Os cinco principais produtos de exportação no Brasil

Os cinco principais produtos de exportação do Brasil que o colocam em posição de vanguarda são: A cana de açúcar, soja, café, suco de laranja e carne bovina, além de outras exportações de destaque, como aves, milho, tabaco, etanol e minério de ferro.

– Cana-de-açúcar
O Brasil é um grande produtor e exportador de açúcar no mundo com cerca de 20% da produção e 40% das exportações globais. Aproximadamente 75% da produção nacional de açúcar é exportada para mais de 100 países.

– Soja
As terras do Brasil são consideradas entre as mais importantes para a produção de soja, pois as safras anuais variam de 66 milhões de toneladas a 94 milhões de toneladas, o que representa cerca de 30% da produção global, ou seja, o segundo maior produtor mundial de soja.

– Café
O Brasil produz café em grandes quantidades, pois é o maior país em produção de café do mundo, superando assim o Vietnã e a Colômbia e ocupam o segundo e o terceiro lugar no ranking dos maiores produtores mundiais do café. As plantações de café se estendem no Brasil no sudeste, onde o clima e temperatura favorecem o cultivo do café.

– Carne
O Brasil é o segundo maior produtor de carne bovina do mundo, com aproximadamente 210 milhões de bovinos e animais.

– Suco de laranja
O Brasil é o maior produtor de laranja do mundo, com aproximadamente 35% da produção mundial. Ele é responsável por mais da metade do suco de laranja distribuído no mundo.

Valor em dólares dos produtos do Brasil durante o ano de 2018

Os principais produtos de exportação mais importantes do Brasil, o peso de cada um na balança comercial (em dólar) e seu percentual em relação ao total das exportações brasileiras.

– As oleaginosas no valor de 33,5 bilhões de dólares (14% do total das exportações).
– Etanol e petróleo no valor de US $ 29,7 bilhões (12,4%).
– Matérias-primas, escórias e cinzas no valor de US $ 23,7 bilhões (9,9%).
– Ferro e aço no valor de US $ 11,8 bilhões (4,9%).
– Carnes no valor de US $ 13,3 bilhões (5,5%).
– Máquinas e computadores no valor de 14,8 bilhões de dólares (6,2%).
– Veículos no valor de US $ 12,7 bilhões (5,3%).
– Madeira no valor de US $ 8,4 bilhões (3,5%).
– Açúcar e doces açucarados no valor de US $ 6,7 bilhões (2,8%).
– Alimentos e rações para animais no valor de US $ 7,2 bilhões (3%).